O BNDES agendou a audiência pública marcada para discutir o processo de privatização da Eletrobras para esta quarta-feira (5 de janeiro), às 10 horas.

Em meados de dezembro/2021, o Tribunal de Contas da União (TCU) adiou para 2022 sua análise sobre a privatização da Eletrobras após o ministro Vital do Rêgo apresentar pedido de vista, alegando tempo insuficiente para estudar o tema.

Seguem as informações do site do BNDES: (https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/transparencia/desestatizacao/processos-em-andamento/projeto-de-desestizacao-eletrobras/)

Audiência Pública

Em 05.01.2022, a partir das 10h00 (horário de Brasília), será realizada, em modalidade virtual, a Audiência Pública sobre o processo de desestatização da ELETROBRAS com o objetivo de prestar informações ao público, bem como receber sugestões e contribuições ao referido processo de desestatização, cuja modalidade será a de aumento do capital social, por meio da subscrição pública de ações ordinárias com renúncia do direito de subscrição pela União, que poderá ser acompanhado de oferta pública secundária de ações de propriedade da União ou de empresa por ela controlada, direta ou indiretamente, nos termos da Lei 14.182/2021.

Documentos relacionados:

TUITAÇO
#EletrobrasPública
🗓 Dia 5/1(quarta) às 8h

⚠️ Durante a Audiência de privatização da Eletrobras, marcada pelo BNDES será realizado um Tuitaço em favor da Eletrobras Pública e contra o processo de privatização, marcado por irregularidades.

Participe! É fundamental a participação de todas e todos para impedir a privatização da Eletrobras! 🙅🏽‍♂️🙅🏼‍♀️
Acesse o Twitter e faça postagens com a hashtag: #EletrobrasPública
📝 Banco de tuítes: http://bit.ly/TuitaçoMPdoApagão