O senadores podem aprovar, em plena pandemia da Covid-19, o projeto de lei 4162/2019 que privatiza o saneamento no país.

Caso isso ocorra, haverá aumento brutal das tarifas e exclusão do acesso aos serviços de água e esgoto da população mais pobre.

O projeto foi aprovado pela Câmara dos Deputados em dezembro de 2019 e, agora, seja aprovado pelo Senado sem alterações vai direto à sanção presidencial e vira lei. Com isso, haverá grande desestruturação do setor de saneamento, inclusive com a geração de demissões nas companhias estaduais e municipais de saneamento.

A FNU – Federação Nacional dos Urbanitários – elaborou um abaixo-assinado on-line para pressionar os senadores.

ASSINE! Vamos dizer NÃO ao PL 4.162 e reafirmar que água é direito e não mercadoria.

✍️👇
https://secure.avaaz.org/po/community_petitions/senadores_e_senadoras_contra_a_privatizacao_do_saneamento__1/?zmOtcnb   

Compartilhe com seus amigos e peça para assinarem também!

 

Fechar Menu