A empresa responsável pela subestação de energia que pegou fogo em Macapá há quase duas semanas demorou pelo menos nove meses para contratar os serviços de manutenção especializada do terceiro transformador da unidade, que estava parado desde dezembro de 2019 e deveria servir como reserva para evitar uma falta de energia no estado.De acordo com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, eleito pelo Amapá, o estado está perto de alcançar o restabelecimento total da energia. Duas balsas transportando geradores térmicos devem atracar na noite desta segunda-feira em Santana, com início imediato dos trabalhos de montagem e ajustes. Eles produzirão 48 MW para o abastecimento de Macapá.

Fonte: Canal Energia

Fechar Menu