Os urbanitários, tanto do setor de energia elétrica quanto do saneamento, têm importantes encontros marcados para a primeira semana de fevereiro.

Entre os dias 6 e 8 de fevereiro, em Curitiba, os representantes da entidades que integram o Coletivo Nacional dos Eletricitários – CNE – realizam o Seminário/Planejamento de 2019, onde serão discutidas e formuladas as ações contra a privatização do Sistema Eletrobras, já anunciada pelo governo federal.

Entre os dias 5 e 7 de fevereiro, os urbanitários do setor de saneamento também se reúnem, em Brasília, para três atividades.

. dia 5 – Reunião do Coletivo Nacional de Saneamento (que reúne sindicatos de Urbanitários do Brasil de todas as centrais e federações)

. dia 6 – Assembleia para eleição da diretoria e Conselhos do Ondas – Observatório Nacional dos Direitos à Água e ao Saneamento

. dia 7  – Reunião da Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental – FNSA

O foco principal do debate é a MP 868/18 que privatiza o saneamento e está em trâmite no Congresso Nacional.

Com o fim do recesso parlamentar em 1º de fevereiro, a FNU – Federação Nacional dos Urbanitários, ao lado dos sindicatos e trabalhadores,  volta à pressão juntos aos deputados e senadores para impedir a entrega do patrimônio nacional, particularmente dos setores elétrico e de saneamento.

Urbanitários na resistência: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

Fechar Menu