Nesta terça-feira (25/05), o Governo do Estado, por meio do Deputado Sérgio Turra (PP) e do presidente Gabriel Souza (MDB), estará colocando em pauta para votação em segundo turno na Assembleia Legislativa a privatização da Corsan, através da possível aprovação da PEC 280.

A emenda constitucional visa derrubar o direito da população gaúcha de opinar sobre a venda das estatais e retira a obrigatoriedade de plebiscito. Um verdadeiro retrocesso para a democracia.

O SINDIÁGUA/RS está articulando com os trabalhadores e trabalhadoras, manifestações com as bases nos municípios onde a Corsan atua, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade Gaúcha.

“É triste que neste momento de pandemia o governo queira retirar direitos dos gaúchos, entregar nossas estatais, desestruturar a Corsan que funciona, ao invés de cuidar do povo. O momento é de zelo, cuidado com a população e, os ditos “representantes” do povo, só conseguem visualizar o lucro, fugindo do debate com a sociedade. Lembraremos de todos nas próximas eleições, pois deputados/as servem para dar voz ao povo e não para calar o povo”, afirma o presidente da entidade Arilson Wünsch.

Sabemos a importância da ÁGUA e não devemos deixar um bem natural e público cair nas mãos de quem só tem sede de lucro.  Água não é mercadoria!

 

#NãoàPEC280 #NãoàPrivatização #CorsanPública

Fechar Menu