A direção do Sindieletro esteve reunida na noite do dia 07/11, sistematizando o debate feito nas portarias da Cemig em todo Estado, na base territorial do Sindicato! É hora de intensificar a mobilização!

O primeiro objetivo da greve foi avaliado positivamente

Com o rompimento do diálogo por parte da gestão da Cemig, o acionamento da ALMG para mediação do impasse na negociação  foi fundamental para apontar a continuidade da negociação do Acordo Coletivo de Trabalho.

Representantes parlamentares estão construindo as possibilidades de diálogo através das interlocuções com líderes e secretários de governo.

Outra ação do Sindicato é continuar buscando mediação na Justiça do Trabalho. Dia 12/11, às 14:30, tem audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho! Nossa tarefa até lá é intensificar a mobilização e trabalhar diuturnamente, junto aos interlocutores, as possibilidades de continuidade das negociações!

Ser eletricitário(a)

Ser eletricitário(a) na Cemig não se resume apenas a um contrato de trabalho. É fazer parte de uma história forjada na capacidade intelectual do trabalho e tornar a Cemig a empresa referência do setor elétrico, a melhor energia do Brasil.

É, também, fazer parte de uma história de Luta por emprego e serviço de qualidade, que já combateu por duas vezes as tentativas de privatização da empresa e construiu, ano a ano, um bom Acordo Coletivo de Trabalho.

Então você, trabalhador e trabalhadora da Cemig que viveu essa história de luta, está na hora de dizer “Somente a Luta Vale”.

Nossa luta valeu o concurso público que propiciou a inserção de novos trabalhadores na Cemig, que também já fazem parte da nossa história e sua primeira greve na Cemig!

Como dizia Paulo Freire, ninguém liberta ninguém, ninguém se liberta sozinho: nos libertamos em comunhão! Vamos juntos nessa luta fazer parte dessa história por um Acordo Coletivo de Trabalho justo para a categoria eletricitária.

Fonte: Ascom Sindieletro-MG

Fechar Menu