A luta contra a privatização do setor elétrico e do saneamento e em defesa da soberania nacional transcorreu durante todo ano, mobilizando a categoria urbanitária.

No setor elétrico a batalha foi dura contra a privatização da Eletrobras e suas distribuidoras. A presença dos eletricitários no Congresso Nacional impediu que saíssem vencedores projetos de lei que visavam o entreguismo do setor. A luta contra a privatização das distribuidoras demostrou, uma vez mais, a força da categoria que promoveu várias paralisações durante o ano. A batalha ainda continua no âmbito da Justiça com recursos impetrados pela FNU – Federação Nacional dos Urbanitários – e sindicatos.

No saneamento, o embate contra a privatização do setor culminou com a derrubada da MP 844/18 no Congresso, numa demonstração de união e força da categoria.

Durante o decorrer do ano, os urbanitários estiveram presentes em grandes eventos e manifestações em defesa de direitos dos cidadãos. Exemplo disso, foi o protagonismo da FNU no Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA – e na criação do Observatório Nacional dos Direitos à Água e ao Saneamento – ONDAS.  Aliás, esse empenho rendeu à FNU o Prêmio Lúcio Costa – categoria Saneamento-Entidades, concedido pela Câmara dos Deputados.

Os urbanitários também estiveram unidos aos demais trabalhadores do país na luta contra a Reforma da Previdência, a retirada de direitos trabalhistas e em defesa da democracia.

Na questão institucional, a FNU realizou o seu 21º Congresso que elegeu nova diretoria e foi consolidado, ainda, mais um passo para a oficialização da Confederação Nacional dos Urbanitários – CNU –, com a criação da Federação Regional dos Urbanitários do Sudeste – FRUSE.

Sem dúvida, 2018 foi um ano de duras batalhas, mas a categoria conquistou muitas vitórias: provamos que somos resistência e que somente unidos somos fortes. Daí a importância de estarmos sindicalizados e conscientes da força da nossa categoria.

Resistência também será a palavra de ordem em 2019 para que direitos conquistados não sejam retirados, sejam eles trabalhistas, sociais, políticos e humanos.

Que venha 2019!

Assista a mensagem de fim de ano do presidente da FNU, Pedro Blois, com o resumo das lutas da categoria em 2018 e os votos de Feliz Natal e próspero Ano Novo.

Confira aqui também a luta da categoria urbanitária, resumida em algumas imagens

Urbanitários em luta: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

 

Fechar Menu