A FNU saúda nesse Dia do trabalhador toda a categoria urbanitária, que vem enfrentando com coragem uma conjuntura adversa, de ataques direto as entidades sindicais e a retirada de direitos históricos, fruto da ação da ação política de um governo fascista que enxerga a classe trabalhadora não como o eixo principal da sociedade, que constrói riquezas para o país, mas como um entrave ao lucro dos patrões.
Diante desse cenário o 1º de Maio se apresenta como uma data especial de justa comemorações para os trabalhadores, mas também de tomada de consciência de que somente bem organizado em seu sindicato de base será possível resistir aos desafios que se apresentam e poder avançar.
Neste 1º de Maio a FNU reafirma seu compromisso de luta com contra as privatizações tanto no setor de saneamento e de energia, bem como a reforma da previdência criminosa proposta pelo governo Bolsonaro, que busca entregar aos bancos o controle das aposentadorias. Uma tragédia sem precedentes que precisa a todo custo ser evitada.

Fonte: FNU

Fechar Menu