Em uma derrota para o governo Michel Temer, o Senado rejeitou, em 16/10, o projeto de lei (PLC 77/18) que alteraria regras do setor elétrico e buscava viabilizar a privatização de distribuidoras da Eletrobras.

O texto havia sido aprovado em julho pela Câmara, mas para se tornar lei precisava também do aval do Senado, o que não aconteceu: o texto foi rejeitado por 34 votos a 18, com uma abstenção.

Fechar Menu