A Federação nasce num momento de luta muito importante. Temos pela frente um futuro bastante complicado para a classe trabalhadora, inclusive sem Ministério do Trabalho no próximo governo

Tomou posse na noite desta sexta-feira (7/12), na sede do STIU-DF, a nova diretoria da Federação do Centro-Oeste e Tocantins (Furcen), que conduzirá a luta da categoria urbanitária nos próximos três anos. A cerimônia contou com a presença de lideranças sindicais e política, que foram unânimes em defender a unidade da luta da classe trabalhadora.

Em seu discurso de posse, o novo presidente da Furcen, Alairton Gomes, parabenizou o trabalho da diretoria que o antecedeu e agradeceu a confiança depositada para conduzir a entidade nos próximos anos.

“Estou ciente da grande responsabilidade que teremos pela frente. E para mim é uma honra estar ao lado de pessoas comprometidas com a luta das trabalhadoras e trabalhadores”, disse Alairton saudando os presentes.

Alairton também destacou que a Furcen continuará atuante na luta contra a retirada de direitos e contra a precarização do trabalho no setor elétrico e saneamento, independentemente se a empresas for pública ou privada.

“O governo eleito sinaliza uma política de estado mínimo ainda mais agressiva do que o atual, com novos ataques à Previdência, privatização das empresas públicas, com a implementação da terceirização irrestrita e novas retiradas de direitos na CLT. Tudo isso está na pauta imediata do próximo governo”, disse. “Por isso é fundamental termos uma Federação regional forte, que intensifique a luta da categoria de forma firme e atuante, combatendo também as privatizações”, acrescenta.

Alairton destacou ainda que o seu mandato será pautado por princípios democráticos, que vão embasar a atuação política da Furcen. Segundo ele, haverá participação de todas as entidades que compõem a Federação, sempre com respeito à autonomia de cada uma das entidades filiadas.

A Furcen é composta pelos Sindicatos dos Urbanitários no DF (STIU-DF), dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado de Mato Grosso (STIU-MT), dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG), dos Trabalhadores na Indústria e Comércio de Energia no Estado do Mato Grosso do Sul (Sinergia-MS) e dos Trabalhadores em Eletricidade no Estado do Tocantins (STEET-TO).

O advogado e assessor Jurídico do STIU-DF, Bruno Paiva, avaliou que a Furcen será mais um instrumento de resistência dos trabalhadores. “Essa luta que estamos continuando aqui é muito relevante e motivo de orgulho para a categoria, porque não estamos defendendo aqui apenas os direitos dos urbanitários, mas também a luta em defesa do patrimônio do povo brasileiro”, aponta.

Os presidentes da FNU, Pedro Tabajara Blois, da Fruse, Marcelo Fiori, e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Eletricidade no Estado de Tocantins (STEET), Sérgio Fernandes, não puderam participar da cerimônia, mas parabenizaram a direção que criou e a que assumiu a nova diretoria da Furcen, desejando muita garra e disposição na luta nos próximos anos.

A direção do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que também não pode participar da cerimônia, saudou a nova diretoria da Furcen e desejou uma parceria cada vez mais próxima entre os trabalhadores do campo e das cidades.

Composição da nova diretoria da Furcen

Presidente: Alaiton Gomes de Faria

Vice-presidente: Francisco Pereira da Conceição

Secretário de Administração e Finanças: Assis de Souto Jacobi

Secretário de Energia e Gás: Elton Vargas

Secretário de Saneamento e Meio Ambiente: João Maria de Oliveira

Secretária de comunicação, Assuntos Parlamentares e Relações Internacionais: Fabiola Antezana

Secretário de Assuntos Jurídicos de Trabalho e Intersindicais: Carlos Duarte de Andrade

Secretário de Organização, Formação e Política Sindical: Cleiton Moreira de Faria

Secretário de Saúde, Segurança e Assuntos Previdenciários: Francisco Ferreira da Silva

Secretária da Mulher, Juventude e Igualdade Racial: Tânia Mota

1º Suplente: Eliomar Palhares Pedrosa

2º Suplente: Manuel Barrios

3º Suplente: Raimundo Ribeiro Martins

4º Suplente: Carlos Araújo Chaves

Membros efetivos do Conselho Fiscal: Franklin Roni de Rezende, Elizete Figueira de Almeida e David Gomes de Oliveira.

Suplentes do Conselho Fiscal: Selma Moreira Santos, Aldo Aguirre e Sidney Lucena

(Fonte: STIU-DF)

 

Fechar Menu