Com a postura da Cemig de não dar resposta concreta às mais de 40 demandas da categoria eletricitária e com a continuidade de uma gestão de mercado, imoral,  os trabalhadores e trabalhadoras partiram para a mobilização! Agora é mais luta, diariamente!

O Sindieletro realiza a partir desta quarta-feira, 02, uma série de reuniões setoriais nos locais de trabalho, em todo o Estado. E as reuniões não ficam só no debate! A categoria eletricitária decidiu realizar mobilizações nos locais de trabalho para pressionar a empresa a tratar as nossas  pautas com respeito e respostas que merecemos.

Nas portarias da Cemig paralisamos as atividades na manhã desta quarta. A avaliação que está sendo feita é que a gestão da Cemig  decepcionou a categoria, o governador Fernando Pimentel tinha o compromisso de renovar o quadro de pessoal próprio,  acabar com gestão militarizada, mas aconteceu o contrário. Demissões em massa e uma gestão neoliberal, de mercado,  e que vai só aprofundando as mazelas para os trabalhadores.

A empresa sequer discute o abono para os trabalhadores, mas paga PLR milionária para os diretores da Cemig.

A direção do Sindieletro ficou o final de semana tentando negociar com a Cemig, porém, nada! Agora, a empresa colhe o que plantou. A resposta é a mobilização total!

As lutas não vão parar, até que nossa pauta seja encarada realmente com seriedade pela Cemig, com respostas concretas, de imediato.

Cobramos também a volta da moralidade na empresa, uma Cemig Saúde que não faça mudanças unilaterais, uma Forluz que não prejudique os participantes ativos e aposentados. Defendemos a luta, a democracia, lutamos ainda contra a privatização da Eletrobras.

Deixe uma resposta

Fechar Menu