A Medida Provisória que reformula o setor de Saneamento (MP 844/18) foi assinada por Michel Temer em 6 de julho/18 e, na prática, ele prevê a privatização do saneamento. A medida já recebeu o ‘apelido’ de MP da Sede e da Conta Alta.

Essa medida se encontra, agora, no Congresso Nacional para ser votada. A Federação Nacional dos Urbanitários – FNU – é contra a MP e ao lado de outras entidades que integram a a Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental  – FNSA – é signatária de dossiê sobre os impactos  que as mudanças na lei 11.445/2017 que regula o saneamento no país causará ao setor.

Leia aqui: DOSSIÊ SANEAMENTO MP 844

Conheça também a íntegra da MP do Saneamento: MP-844-18 – MP do Saneamento

MANIFESTO CONTRA A MP DA SEDE E DA CONTA ALTA
O Manifesto contra a MP do Saneamento – Medida Provisória 844/2018- elaborado pela Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental – FNSA.

Leia, assine e divulgue este link: https://goo.gl/forms/imQZ7UGRlNEjEwE73

Diga NÃO à MP do Saneamento: vote na consulta pública do Senado

O Senado Federal abriu Consulta Pública sobre a medida provisória (MP 844/18), a chamada MP do Saneamento, que altera o marco legal do saneamento básico e altera a Lei nº 9.984, de 17 de julho de 2000, para atribuir à Agência Nacional de Águas competência para editar normas de referência nacionais sobre o serviço de saneamento.

Vote contra essa medida na Consulta Pública do Senado.
Clique aqui para votar NÃO.

LEIA AQUI TODAS AS NOTÍCIAS SOBRE A MP 844/18 PUBLICADAS PELO SITE DA FNU.

Não vamos deixar que a MP do Saneamento seja aprovada pelo Congresso. 
Vamos à luta contra mais esse retrocesso proposto pelo governo ilegítimo.
Urbanitários em luta: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.

ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu