Paulo de Tarso, presidente da CNU – Confederação Nacional dos Urbanitários – em entrevista à Rádio Brasil Atual falou sobre a greve dos eletricitários como forma de chamar a atenção do povo brasileiro sobre a entrega de um patrimônio (Eletrobras) que foi construído com o dinheiro do próprio povo. “Estão querendo vender a preço de banana (R$ 12 bilhões) um patrimônio que vale R$ 400 bilhões”, enfatizou Paulo.

O presidente da CNU ainda falou sobre o que parece ser um conluio no país para uma privatização assoberbada, com a entrega da nossa energia, do nosso petróleo e de todas as nossas riquezas. Com a privatização os programas sociais como o Luz para Todos vai virar “Luz para Alguns”.

Ouça aqui a entrevista completa. Confira.

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu