A destruição aconteceu no município de Paranaíba, no Piauí, mas não vamos cansar de lutar por água como direito e não mercadoria!

O Sindicato dos Urbanitários do Piauí – SINTEPI recebeu na última sexta-feira (18/1) uma denúncia de que retroescavadeiras da Prefeitura Municipal de Parnaíba (PI) destruíram outdoors contratados pelo SINTEPI pela empresa Palmer Outdoor, que tem sede em Teresina-Piauí. Logo após a denúncia, diretores do Sindicato foram verificar a veracidade da informação e constataram que na Av. Padre Raimundo José Vieira e Av. Princesa Izabel, as placas de ferro que sustentam os outdoors foram quebradas e ateadas ao chão.

A diretoria do SINTEPI se diz indignada, pois o conteúdo informativo não tem nenhum teor denegrindo a imagem de quem quer que seja, trata-se apenas de uma campanha alertando a população a respeito dos malefícios da privatização do saneamento, como pretende fazer a Prefeitura de Parnaíba, inclusive passando por cima de decisão da Câmara de Vereadores que votou contra o projeto de municipalização do prefeito Mão Santa.

O SINTEPI entrou em contato com a Palmer, que foi contratada para instalar 10 outdoors do SINTEPI, sendo sete em Parnaíba e três próximos a Luís Correia, e a mesma afirmou que buscará orientação do seu departamento jurídico e tomará as providências. Já o SINTEPI vai registrar Boletim de Ocorrência em Parnaíba, para que sejam apuradas as informações e encontrados os responsáveis por esse crime contra a ordem e contra a liberdade de expressão para que respondam e paguem por tal ato lesivo. (fonte: Sintepi)

Leia também:
Em Porto Seguro-BA população diz não à privatização da água: essa luta é de todos
Estamos de olho: empresas apostam fichas em aprovação de MP que privatiza o saneamento
Entidades irão discutir ações para impedir aprovação de MP que privatiza o saneamento

Urbanitários na resistência: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu