NOTA DE REPÚDIO DA FRUNE ÀS DECLARAÇÕES DO CANDIDATO AO GOVERNO PERNAMBUCANO ARMANDO MONTEIRO (PTB) SOBRE INCENTIVO A PRIVATIZAÇÃO DA COMPESA EM PETROLINA

A Federação Regional dos Urbanitários do Nordeste (Frune) vem, por meio desta nota, repudiar as declarações do candidato ao governo pernambucano, Armando Monteiro (PTB), noticiadas no Jornal do Comércio, na edição de 12 de setembo, sobre o seu incentivo pessoal para a realização de ações que resultem na privatização da Compesa, em Petrolina, iniciadas pelo Prefeito Miguel Coelho.

A Frune, ao lado de diversas entidades e da população de Petrolina, já manifestou sua posição contrária a essa investida. Entendemos este desejo como um projeto de manutenção e ampliação de poder. Enquanto o Governo do Estado defende a empresa 100% pública, o grupo político do prefeito Miguel Coelho vê na privatização da Compesa, em Petrolina, uma oportunidade para garantir apoio empresarial de grupos que querem lucrar com essa possibilidade.

A declaração do candidato Armando Monteiro (PTB), além de infeliz, segue a linha entreguista do ex ministro de um governo golpista, Fernando Coelho Filho, que tentou privatizar a Chesf e o Rio São Francisco, dando de mão beijada o patrimônio do povo nordestino ao capital estrangeiro. Essas iniciativas, sob o pretexto de melhorar os serviços prestados, na verdade escondem uma grande investida para ampliar o poderio financeiro ao lado de empresas estrangeiras interessadas em nossas riquezas.

De forma alguma, tanto a Compesa como a Chesf podem ser moeda de troca para disputa política ou projeto de poder. As empresas devem manter seu papel social, garantindo políticas públicas e modicidade tarifária, permitindo assim a universalização do acesso a água e a energia.

Em 2017, a Compesa investiu em Petrolina mais de R$ 150 milhões, com destaque para construção do Sistema Vitória de abastecimento de água e a construção de um moderno sistema de esgotamento sanitário, o que garante ao município uma situação privilegiada no estado. A companhia também realizou melhorias e iniciou projetos na região, que prevê investimentos totais de mais de 40 milhões.

Não se justifica, portanto, entregar a empresa a grupos financeiros sob o pretexto de supostamente melhorar a qualidade dos serviços. A Compesa tem cumprido um papel importante na cidade e em todo estado. Repudiamos veementemente iniciativas pautadas em interesse político que prejudiquem a população e o conjunto de trabalhadores. Ademais, a água é o bem mais precioso do planeta. O acesso de todos os cidadãos a este bem não pode ser comprometido pelos interesses de alguns.

FRUNE  – Federação Regional dos Urbanitários do Nordeste
SINDURB-PE – Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas de PE
SINERGIA-BA – Sindicato dos Eletricitários da Bahia
SINDELETRO-CE – Sindicato dos Eletricitários do Estado do Ceará
SINERGIA-SE – Sindicato dos Eletricitários de Sergipe
SINTEPI – Sindicato dos Urbanitários do PI
SINTERN – Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Elétricas do RN
STIUA – Sindicato dos Urbanitários de AL
STIUPB – Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da PB

Urbanitários em luta: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

Deixe uma resposta

Fechar Menu