Na manhã da sexta-feira (10), o SINDIÁGUA-RS recebeu em sua Sede a visita da direção da Astecor – Associação dos Técnicos Científicos da Corsan – entidade que representa engenheiros, advogados, administradores e outros técnicos da nossa Companhia.
Os colegas representantes da Astecor, José Homero Finamor Pinto, Homero Batista e Rogério Santiago, vieram conversar sobre a tramitação da MP 868 na Câmara Federal em Brasília.
Fortalecimento
Segundo seus diretores, a Astecor entende que esta luta contra a MP que acaba com as estatais do saneamento é muito grande e não diz respeito tão somente aos Trabalhadores representados pelo SINDIÁGUA.
Como um dos encaminhamentos da reunião, ficou acertado uma unificação de agendas e busca de diálogo com o Presidente da Corsan, com o centro do governo estadual, com o Secretário de Saneamento gaúcho e com a Famurs- Federação dos Municípios do RS. Claro que tudo isto, impreterivelmente, deverá acontecer até a próxima semana tendo em vista que o texto da MP que agora foi denominado de PLV-8/2019, pode ser votado a qualquer momento pelos deputados em Brasília.
Leandro Almeida, Presidente do SINDIÁGUA, entende como muito positiva a visita da Astecor porque manter a Corsan pública não pode ser uma luta de apenas uma entidade sindical, pois “isto deve interessar ao governo, aos diretores da Corsan e a TODOS os funcionários. Os prefeitos também tem muito a perder se for aprovada esta MP”, finaliza Leandro.
Parabéns à Astecor pela postura, por se unir ao SINDIÁGUA em defesa da nossa Companhia.

Fonte: Ascom Sindiágua-RS

Deixe uma resposta

Fechar Menu