Em sessão da Câmara dos Deputados, encerrada por volta das 20h30, desta terça-feira (13/11), foi enterrada a MP 844/18, a MP da Sede e da Conta Alta.

A pressão dos trabalhadores junto aos parlamentares foi determinante para que a MP do Saneamento não fosse colocada em votação na Casa e, como não há mais sessões deliberativas antes do dia 19/11 quando a MP perde sua validade, a medida deixa de existir.

Foi uma importante vitória dos trabalhadores e de todos que defendem a água e o saneamento como direitos e não como mercadorias, que não mediram esforços na pressão e no convencimento dos parlamentares contra as consequências nefastas da MP.

Leia mais:
Privatistas foram derrotados: água e saneamento não são mercadorias!

Veja imagens da luta no Congresso:
Urbanitários no Congresso Nacional na luta contra a privatização do saneamento



Deixe uma resposta

Fechar Menu