Sindicalistas apoiam Haddad porque ele está comprometido com a valorização das estatais, empresas e bancos públicos, redução dos juros, isenção do IR para trabalhadores que ganham até 5 SM e Previdência Social

As sete maiores centrais sindicais do Brasil divulgaram, nesta quarta-feira (10/10), um manifesto de apoio à candidatura do petista Fernando Haddad à Presidência da República.

No documento, eles dizem que Haddad é comprometido com a democracia, os direitos sociais e a soberania nacional, enquanto o outro candidato, Jair Bolsonaro (PSL), representa o autoritarismo, a desnacionalização da economia e a extinção dos direitos sociais e trabalhistas.

No final, os presidentes da CUT Vagner Freitas, da Força Sindical Miguel Torres, da CTB Adilson Araújo, da UGT Ricardo Patah, CSB Antônio Neto, NCST Antônio Calixto e Internsindical Edson Índio convocaram “a classe trabalhadora e o povo brasileiro a participar da campanha e votar para eleger Haddad o próximo presidente do Brasil”. (fonte: CUT)

Leia também:
 Haddad assina carta compromisso para não privatizar sistema Eletrobras e suas distribuidoras
. Haddad em carta aos urbanitários: “estaremos unidos na defesa do acesso à água e ao esgotamento sanitário”

Urbanitários em luta: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu