A Diretoria do Sintius participou no dia 09 de abril, da audiência pública sobre o Projeto de Lei do Doria 001/2019, que possibilita a privatização de empresas de serviços essenciais no estado, como Dersa, Emplasa, Imesp, Prodesp, Codesp e CPOS. O evento aconteceu na Assembleia Legislativa do estado de São Paulo e os trabalhadores contestaram a venda destas empresas.

O propósito da participação da nossa Diretoria nessa audiência pública é fortalecer as ações contra o posicionamento privatista do governo Doria, que insiste em vender empresas lucrativas e prestam bons serviços a população, como é o caso da Sabesp, que também está na mira do atual governo para entregar à iniciativa privada e dificultar o acesso ao saneamento e à água para as populações mais carentes, além de aumentar o custo para todos.

A união das entidades representativas dos trabalhadores é importante também para defender o emprego e evitar o aumento do número de desempregados que assola o país. Porém o Doria permanece insensível aos apelos para que não tome ações que prejudiquem a sociedade e só justifica que essa medida é necessária para racionalizar a atuação do Estado.

Fonte: Ascom SINTIUS

Deixe uma resposta

Fechar Menu