Secretária da Mulher da FNU representou a Federação no encontro

Com a participação de mais de 90 sindicalistas da América Latina, Canadá e Caribe, termina nesta quinta (8/11) a Conferência Regional da ISP (Internacional de Serviços Públicos), que acontece desde o dia 5 de novembro em Santiago, no Chile.

Na abertura do evento, intitulado “Sobre o Futuro do Trabalho e Pelo Fim da Violência e Assédio nos Serviços Públicos”, estiveram presentes Carolina Espinoza, titular do Cone Sul no Comitê Regional da ISP; Jocelio Drummond, Secretário Regional da ISP; Mabel Batista, especialista em atividades para os trabalhadores da OIT, e o ministro do Trabalho e da Seguridade Social do Chile, Nicolas Monkeberg.

A Federação Nacional dos Urbanitários – FNU – foi representada pela sua secretária da Mulher, Leila Luiz.

Entre os temas discutidos, o papel dos serviços públicos na construção da igualdade de gênero, o desenvolvimento sustentável, os impactos da tecnologia, as novas formas de organização do trabalho e os inúmeros desafios do movimento sindical.

Para Leila Luiz, o futuro do trabalho passa pelo desafio da valorização da mulher. “Elas ainda recebem os menores salários e estão nos piores postos de trabalho. E isso se agrava com a reforma trabalhista, que coloca as mulheres numa situação mais vulnerável. Nesse sentido, devemos avançar para garantir mais espaços para a mulher no movimento sindical, para que elas se organizem e intensifiquem a luta na defesa de seus direitos e na promoção da igualdade salarial”.


ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

Deixe uma resposta

Fechar Menu