Os deputados da Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU) escolheram na quarta-feira (7/11) as personalidades e entidades que serão agraciadas com o Prêmio Lúcio Costa 2018 de Mobilidade, Saneamento e Habitação. A premiação acontecerá em 11 de dezembro no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

A premiação contempla três entidades e três personalidades que têm desenvolvido trabalhos de impacto e reconhecimento pela sociedade, melhorando a vida dos cidadãos, nas áreas de mobilidade, saneamento e habitação no Brasil.

FNU – Federação Nacional dos Urbanitários – foi escolhida para receber o Prêmio de saneamento na categoria ‘entidades’. Na categoria ‘personalidades’ o vencedor do Prêmio de saneamento é o professor da UFBA, Luís Roberto Santos Moraes, que também já foi assessor de saneamento da FNU há alguns atrás.

Para o presidente da Federação, Pedro Blois, é uma honra a FNU ser escolhida para o Prêmio Lúcio Costa e parabeniza todos os urbanitários(as) por essa conquista. Para ele, o Prêmio “é um reconhecimento do trabalho de muitos anos dos urbanitários(as) que, para além da defesa de seus direitos, lutam pelo direito de todos os cidadãos brasileiros ao acesso à água, ao saneamento e à energia. Somos intransigentes na defesa que esses bens não são mercadorias”.

Blois ainda destacou que o Prêmio é também resultado do grande envolvimento da categoria urbanitária no Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA – realizado em março último e a luta incessante contra a aprovação pelo Congresso Nacional da MP 844/18 que privatiza o saneamento, desestruturando o setor e impedindo a universalização do serviço no país.

Fechar Menu